quarta-feira, 25 de maio de 2011

Como fazer a iniciação do seu baralho cigano?



Agora que você já sabe qual a origem do baralho cigano e quais os tipos diferentes de baralhos existentes, chega a hora de descobrir como preparar o seu baralho e como armazená-lo. Certo?
A postagem de hoje traz justamente esse assunto a tona. Suponhamos que você foi até uma loja esotérica ou de umbanda mesmo e comprou o seu baralho. Chegou em casa com ele, mas não tem a menor idéia de como prepará-lo para usar. Acredito eu, que a vendedora da loja também não lhe orientou sobre isso e que nem você teve a coragem de perguntar, mesmo porque se perguntasse muito provavelmente receberia a resposta de que se usa assim mesmo, nu e cru.
Mas não é bem assim, meu caro. Segundo alguns estudiosos da arte de adivinhação do baralho cigano, ele precisa sim ser preparado. Existem alguns motivos para isso. Eu particularmente, gosto de explicar que o baralho precisar conectar-se com o dono dele, mas esse assunto é um tanto complicado de explicar, pois algumas linhas de pensamento dizem que o baralho precisa da energia da cartomante para funcionar com a intuição dela. Outros porém, dizem que nada disso é preciso, que apenas oferecê-lo a uma entidade ou espírito de luz basta.
Já ouvi de alguns ciganos que cada baralho precisa ter um pouco da essência do seu dono. Confesso que acredito nisso, já que o baralho é um objeto muito intimo da cartomante, não devendo ser emprestado nem tão pouco compartilhado com outras pessoas.
Segundo esses mesmo ciganos, o baralho deve ser respeitado; guardado com devoção, carinho e longe das vistas de outras pessoas, principalmente de sua clientela. Alguns confessam que guardam suas laminas em caixas, envolvidas por um tecido vermelho ou de cor escura. Outros, dizem que preferem deixá-lo sobre a mesa que atendem, sem guardá-los em caixas para que possa receber a luz do sol ou da lua entrando pela porta.
Como guardá-lo vai muito do zelo de cada cartomante, como também da forma que ela se conectou com o seu baralho. Como falei, eles podem ser guardados em caixas, ou envolvidos em tecido, ou sobre a mesa e ainda numa espécie de bolsa, muito usada por ciganas que lêem a sorte de porta em porta.
Existem também vários métodos de preparar o seu baralho. Vou deixar aqui  dois método, um que envolve os quatro elementos da natureza e, o outro que envolve a meditação. Mas deixou claro, que não existe uma metodologia correta, pois vai muito de cada cartomante e da formação que esta possui, já que antigamente era utilizado o método da natureza pelas ciganas, e hoje em dia, é utilizado o método da meditação por várias cartomantes não ciganas.
O meu baralho foi iniciado com o método da natureza, já o meu tarô utilizei o método da meditação. Ambos são iniciados e não me faltaram com a verdade. Portanto, o que posso dizer é que os dois métodos funcionaram comigo e pode muito bem funcionar como você.
O que será preciso para o método da natureza?

Vamos aos materiais...

- Um baralho cigano novinho.
- Uma taça de vidro (se quiser de cristal também pode);
- Uma garrafa de água mineral (por favor, sem gás e a mais limpa possível, não sendo necessário ser importada);
- Uma toalha de tecido vermelho ou um pedaço de tecido vermelho, poderá ter detalhes, porém é preferível que seja 100% vermelha e virgem;
- Sal fino, aproximadamente dois, quatro ou seis punhados;
- Um punhal (qualquer tipo de punhal, com tanto que tenha capo e ponta);
- O incenso da sua preferência (indico o de Magia Cigana) e;
- Uma vela também da cor de sua preferência com um pires.

Agora que você já tem os materiais e que já tem o baralho. Oriento-lhe que primeiro de tudo, tome um banho e vista uma roupa confortável. Lembre-se que nesse momento, você estará fazendo um ritual de iniciação e de aproximação do seu baralho com você, por tanto, deve demonstrar o máximo respeito, por esse momento. Está de corpo limpo e cheiro, além de ser um sinal de respeito pelo ritual, é um sinal de purificação do seu corpo para receber as benções dos espíritos ciganos de luz.
De banho tomado, limpinho e cheirosinho, você estará  pronto para iniciar o seu ritual. Quem tiver em casa uma imagem de um cigano ou de Santa Sara Kali, poderá fazer em frente a imagem. Sente-se numa mesa forrada com um tecido qualquer, se for branco é ainda melhor. Coloque a imagem na sua frente, acenda uma vela oferecendo-a para tal entidade e pedindo permissão para tal ritual. Alegue nesse momento que sua intenção com a iniciação do seu baralho é de fazer o bem, que quer e necessita da orientação deste para sua vida e que promete respeitar o limite de sua intuição e de seu baralho, usando-o somente para fazer coisas boas.
Depois que fizer seu oferecimento, tire a sandália dos pés. Se for mulher e tiver cabelo grande, solte-o. Verifique se não possui nenhuma amarra em seu corpo e sinta o seu pé tocar o chão. Nesse sentir, você estará entrando em contato com o elemento terra.
Pegue o tecido vermelho, dobre-o ao meio (caso seja grande, se não, apenas o estenda sobre a mesa) e em cima dele coloque a taça com água. Nesse momento você se conecta com o elemento água. Tenha sempre em mente os elementos da natureza a liberdade dos seus sentimentos para que durante esse ritual inteiro, você e seu baralho possam se conectar.
 Acenda a vela num pires e ofereça a Santa Sara Kali, aos espíritos ciganos e as entidades do elemento fogo. Após oferecer a vela, coloque um punhado de cada vez do sal na taça. Mentalizando a energização da água. Água com sal corta mau olhado, inveja, energias ruins e principalmente energiza tudo que estiver sem força vital.
Logo em seguida, coloque o baralho na boca da taça, como se estivesse cobrindo a taça. Não deixe que o baralho molhe nem ao menos que caia, apenas coloque sobre a boca da taça. Em seguida coloque o seu punhal em cima das laminas do baralho. A ponta do punhal deve está para esquerda.
Coloque o pires com a vela entre você e a taça, de preferência em cima do tecido vermelho. Acenda o incenso de sua preferência e coloque-o do lado da vela, num porta incenso.
Ao terminar a arrumação dos materiais. Pare um instante, respire fundo e reze uma prece. Pode ser a oração que você já tem costume ou uma oração cigana, colocarei em breve, algumas orações ciganas para que você possa fazer seu ritual da melhor forma possível. Ofereça a Santa Sara Kali, aos Ciganos Encantados e todos os espíritos ciganos de luz.
Quando a vela acaba, recolha os materiais, jogando na água corrente a água com o sal; as cinzas do incenso no vento, ou sobre uma planta; e o resto da vela no lixo. Pode lavar todos os materiais envolvidos, menos o punhal e o tecido. Coloque o baralho no centro do tecido e enrole-o. O punhal deve ser guardado com você, ou junto com a caixa que você guarda seu baralho.
E ele está prontinho para ser usado.

No caso da iniciação com o método de meditação, você precisará apenas de um incenso e o tecido vermelho. Abra o baralho, disponha-o sobre o tecido e com o incenso, vá energizando cada carta com a fumaça do incenso. Durante esse processo, reze uma oração de costume ou uma prece cigana.

Recomendo que guarde seu baralho com muito cuidado; que o respeite como respeita a si próprio; que quando for consultá-lo, evite fumar, beber bebidas alcoólicas e está de corpo sujo. Recomendo ainda que o guarde assim que terminar sua consulta, deixando repousar suas energias.
É importante lembra, que uma vez feito o ritual, não deverá ser feito novamente. Você tem apenas uma chance de iniciar o seu baralho, por tanto, faça da melhor maneira possível.

Que a magia esteja com vocês! 

3 comentários:

  1. Ganhei o meu baralho de uma cartomante que faleceu,ele foi cruzado por uma cigana no centro que frequento,mesmo assim precisa de iniciação?

    ResponderExcluir
  2. No 1 método eu posso usar uma taça feita de madeira ou tem que ser uma taça de vidro ?

    ResponderExcluir
  3. No 1 método eu posso usar uma taça feita de madeira ou tem que ser uma taça de vidro ?

    ResponderExcluir